19 de dezembro de 2013

2013: Um ano para marcar!


A vista do hotel em Brasília, quando estava para participar da premiação Sebrae Mulher de Negócio (março/2013), e já sentindo-me premiada só por estar lá, sem muitas pretensões. A placa no alto do prédio em frente foi um prenúncio do que veio a seguir...  Minha história foi uma das premiadas saber mais aqui http://www.jubiart.com.br/2013/03/sao-muitas-emocoes-premio-nacional.html,  sei que um dia ela será contada por filhos, netos, bisnetos, estou deixando referência de vida. No mês de julho recebi na loja uma cliente de Goiânia com formação na área de psicologia, comprou bastante para si e amigos, chegando lá, alguém gostou muito do trabalho, ela me ligou e encomendou mais artesanato, e falou "Nossa! Entrei no seu blog, vi seus trabalhos, oficinas e premiações, você é simples e humilde demais!", simples? Sou, humilde? Nem tanto, rsrsrs, tenho muito orgulho das minhas conquistas que nunca foram fácies, valorizo e tenho percepções diferentes do meu trabalho e das pessoas que me rodeiam, sei o que me faz feliz, e o que é essencial para tanto.
Isto foi só o começo de 2013... 

Ficarei ausente das postagens do bloguito até 10 de janeiro/2014, porém, continuarei aos poucos visitando as amigas aqui e no Facebook. O verão chegando com toda força e frescor, conhecer nossos produtos? Dá uma espiadinha na nossa fan page https://www.facebook.com/pages/Jubiart-Artesanato/496557090401489?ref=hl  e para 2014? Já estamos transformando, produzindo muitas novidades!


Grata pela sua presença e comentários durante o ano de 2013! A Jubiart, também é um pouco de você...
Em 2014, olhe para seu horizonte e faça sua vida valer muito!
Boas festas para você e seus amados!!!

12 de dezembro de 2013

Biscoitos Com Gostinho de Natal!


Oi turma luz! Vi esta receita receita no blog da querida amiga Carol, e aconteceu uma coisa rara, segui a receita passo a passo e não alterei nada! Viram! Estou ficando menos rebelde na reprodução de receitas rs.


Veja a receita aqui http://mundocarolvieira.blogspot.com.br/2013/11/biscoitinho-de-especiarias-natalino.html#comment-form, como gosto de imagens fiz alguns registros...


O que chamou atenção na receita, foi a utilização de especiarias que costumo usar no meu dia-a-dia (gosto de comidinhas perfumadas).


Acredite! Não tenho uma forminha de molde, não foi problema, pedi emprestado da amiga Geisa (bom ter amigas!).


Sempre que alguém (lei-se: Izaias) vê, euzinha manipulando massa, corre pega um pedacinho e começa a fazer as caretinhas, é o assistente culinarístico.


Como fiz para a família e amigos, dobrei a receita.


Ficaram uma delícia!


Esta latinha já viajou para o Amapá, onde maridão se encontra temporariamente trabalhando, e ele é fã de doces. Comidinha feita com afeto sempre acolhe e dá alegria!


9 de dezembro de 2013

Presente e Inspiração...


Este ano de 2013, muitas coisas boas aconteceram, uma delas foi conhecer pessoalmente a amiga e cliente, Paula do blog muito estiloso e delicioso: http://executivadepanela.blogspot.com.br/, ganhar mimos cheios de personalidade, afeto e elogios, faz muito bem para alma. Amei!!!


Não conhecia esta autora, neste livro, escreve com sabedoria o universo da maturidade de uma forma mágica e espiritual, gostei muito! Já listei o seu outro livro, "Mulheres que correm com os lobos", será a minha próxima aquisição literária..


Cartão personalizado da Paula, inspirou-me a personaliza o meu.


Uma folha de papel A4 reciclado, coloquei a logo da Jubiart, coloquei moldura, em vez de pinheiro de natal, coloquei coqueirinhos que remetem a nossos campos de cocais do babaçu.


Coloquei um detalhe de folha cabo verde esqueletizada e tingida naturalmente.


Coloquei uma citação, e fiz a dobradura. Simples do jeito que gosto e personalizado. Além de ganhar mimos ainda me inspirei nos mesmo. Paula, grata pelo carinho!
Você também dá um toque especial no seu cartão.
Uma semana especial para nós!

4 de dezembro de 2013

Você é carne de pescoço?

Você já ouviu esse termo em sua vida? "olha, fulano é carne de pescoço", é tipo um adágio popular, nem sei se tem no famoso Aurélio (dicionário da língua portuguesa mais popular no Brasil), significa pessoa difícil de se lidar ou relacionar. Enfim, sobrou para a coitada da carne bovina que nada tem haver com a história rsrsr, como no cafofo comemos pouca carne vermelha, mas ela vez ou outra, faz parte do cardápio, descobri a carne de pescoço pela qualidade de ter pouquíssima  gordura, ser saborosa e "baratim".


Receitinha super fácil! Compre um quilo de carne de pescoço, tempere ao seu gosto, cozinhe até quase no ponto de desmanchar, deixe o molho ficar bem sequinho, corte uma cebola grande em rodelas, e um tomate em cubo, refoque junto com a carne já pronta. Fritou a cebola, derreteu o tomate, está pronto!


Você conhece esse milho por canjiquinha ou xerém? Até um certo tempo eu nem conhecia. Deve ter várias marcas no mercado.


É um milho triturado, geralmente o lavo antes de utilizar. Neste prato utilizei 250 gramas de xerém.


Para dar um sabor especial, fritei duas fatias de bacon da parte menos gorda (com carne), coloca-se água, sal a gosto (cuidado que o bacon já é salgado) e o xerém para cozinhar, a medida que for engrossando vá colocando água. Ele fica com a textura bem grossa.


Coloque numa travessa para esfriar e endurecer um pouco, em seguida jogue a carne por cima. Só a carne com o milho já alimenta, mas você pode fazer um arroz com brócolis e cenoura para o acompanhamento (sou exagerada, sei!).


Esse negócio com carne de pescoço ficou bão demais sô!!! Desculpe... Servido (a)?

29 de novembro de 2013

Cores com o natural para aquecer...


O verão (com a chuvarada) promete muitas cores quentes, fazendo mix com os tons pastéis, na Jubiart têm cores, mas o natural sempre está presente nas peças. Afinal, é você que faz a sua moda! Tendências são opções que podem cair no gosto popular ou não. Então, mande os conceitos para aquele lugar... (Os designers vão querer meu pescoço rsrsrs). E invista naquilo que os seus olhos se apaixonam. Sou assim! E você?


Colar com semente de açaí tingida e morototó natural.


Ele é curto e longo ao mesmo tempo (o tal do paradoxo rsrsrs).


Gosta de combinar, harmonizar? Pode acompanhar com esta pulseira, o fecho é regulável.


Colar torçal é sempre um curinga, ainda mais no tom da semente natural, vai bem com tudo.


Para quem gosta dos curtos, ele fica bem justo no pescoço.


Colar pura energia! Todo natural com tento carolina, morototó e pau de pupunheira (a mandala).


Este está combinando com o gorro do Papai Noel rsrsrs.


Colar com semente de jupati lapidado natural, semente de morototó natural e tingida.


Gosto muito deste matizado natural da semente de jupati.


Olha a pulseira! Ficou estilo bracelete.

Lembrando compras acima de R$ 150,00 - no Brasil o frete é grátis.
Não gostou do produto? 15 dias para devolução (pagamos o frete).
Contato - biaarte@hotmail.com
Ah! o principal: A boa energia que acompanha o produto, também é grátis!


27 de novembro de 2013

Salmão com leite de coco babaçu?


Pois, pois! Estamos na época da piracema, onde a pesca é proibida de novembro até final de fevereiro, época em que os peixes se reproduzem, comemos peixes de criatórios, vendido na feira ou em supermercados vindo de outros lugares, como o salmão.


Tiro do freezer um dia antes e coloco na geladeira, a perda de qualidade com esse descongelamento é pouca.


Tempero básico: Coentro, cebola e pimenta de cheiro que pode ser substituída por pimentão.


Um bom azeite, não coloco limão no salmão, interfere no sabor, é só uma opinião particular, não sou especialista rs.


Misturo a azeite, sal a gosto nos temperinhos, depois espalho em cima do filezão, já numa forma untada de azeite. cubro e coloco p/ marinar por 2 horas na geladeira (isto é opcional).


aqui vem a parte mais chata, gosto de tirar essa casca da amêndoa do coco babaçu. Essa parte chata deixo para a minha irmã fazer (Sou muitooo boba rsrsrs).


Ela fica branquinha. 


Antes, ainda pico um pouco elas para depois ir p/ o liquidificador (é, são duras), porém dá um leite bonito de se ver e saborear.


Coloco o salmão para assar no forno. Quando ele tiver com esse aspecto, sem líquido, tire do forno.


O molho cremoso do babaçu, super simples: Meio litro de leite, sal a gosto e uma colher (de sopa) de trigo para encorpar. Mexeu, ferveu e encorpou? Está pronto! Só jogar em cima do salmão.


Para acompanhar mandioca/aipim/macaxeira (nome varia conforme a região) cozida no sal e meia colher de sopa de manteiga. Essa estava bem fresquinha, como o coco babaçu aqui da região.


Cozinho por instinto, detesto medidas, por isto tento fotografar passo a passo para você do outro lado ter alguma noção. O filé de salmão tinha aproximadamente um kilo.
Gente, neste experimento, a família foi a cobaia (para variar rsrsrsrs), só ouvia o "hummmm...". Não existe melhor elogio do que boca cheia e suspiros profundo de prazer. Amo cozinhar para pessoas queridas!

Este post é em homenagem a duas blogueiras que cozinham como ninguém! E que sempre estou  abelhudando e aprendendo com elas:
A Lia Agio (Pepinha p/ os íntimos) do http://www.otachodapepa.com/  aproveite para participar do sorteio super fofo de fim de ano (as irmãs Agio são também artesãs).
e a Paula da http://executivadepanela.blogspot.com.br/, aproveite que lá tem festa.

20 de novembro de 2013

Personalizar e Customizar



Hoje, nós sempre queremos personalizar, transformar, dar um toque pessoal na decoração. Passeando pela Lojas Americanas encontrei essa plaquinha em MDF purpurinada.


Tenho esse hábito de olhar um objeto, pensar e associar a outra coisa... As vezes vou para o mundo da lua rsrsrsrsrs. Neste caso, fiquei na terra mesmo, levei a plaquinha para o cafofo, na base das letras fiz essa amarração simples com fio encerado vermelho.


E prendi as sementes de açaí, natural e tingida nas pontas, você não tendo semente pode ser berloques, fofices em tecidos, ficar atento para o peso, o material tem que ser leve. Nos lados reutilizei bolas douradas do ano passado e as prendi no fatiado do coco babaçu. estes detalhes natalinos estão na entrada da loja Jubiart - Artesanato.


Essa, é uma moldura de madeira que reutilizei. Pendurei na parede do cômodo onde ficam as roupas artesanais e indianas, selecionei imagens e imprimi numa impressora comum, alguns momentos marcantes de 2013. Prendi o papel na parede com fita crepe para não tirar a pintura ou marcar, já que sempre vou estar mudando as imagens. 


Ficou assim.

Conhecer nossos produtos? Visite a nossa fan page, o link está no seu lado direito. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template customizado por Meri Pellens.Tecnologia do Blogger.
Voltar ao topo