30 de julho de 2011

Esmalte e Artesanato - É a Coletiva! *Atualizado*

Hoje não poderia me ausentar desta coletiva com a temática inspiradora tão presente no meu dia-a-dia. Pintei as unhas com Impala/Fitilho, depois que fui perceber que era sutilmente perolado, e sutilmente não gosto de perolado, então passei outra demão de Colorama/Prenda Natural, que tirou o excesso do perolado, ficando mais natural.


A palavra ARTESANATO na net, livros e revistas, tem vários significados, porém sintetizo tudo em um fato: É qualquer ofício realizado com as mãos. Com o mundo tão mecanizado, é algo que está se perdendo com o tempo. Uma delas são os trançados de cestaria e esteiras, na minha região temos uma grande riqueza natural de palmeiras, como tucum, pupunheira, buriti, babaçu, jussara, açaí, entre outras...


Mas esta sabedoria do FAZER com as mãos que passa de pai para filho, está se perdendo na modernidade de outros saberes... Até os índios aqui das aldeias próximas não dominam mais alguns saberes tradicionais, e muitos conhecimentos estão sendo enterrados com os pajés, xamãs, matriarcas e patriarcas. Conservar e preservar esses, e outros saberes é uma forma de estar contribuindo para um meio ambiente sustentável.

Quer ver um festival de ART e COLOR? Dá um clique nesta Bella Fernanda Reali.

Com licença meu amigo, poeta "(H²K) 久保 - Hamilton H. Kubo", a sua contribuição significativa neste post:

"Olá Bia, adorei sua postagem que muito além de valorizar sua arte que tem em abundância nos remete à conscientização de seus valores... Me fez lembrar de uma frase em Fragmentos, que ouso deixar aqui, espero que não se importe!"

(Máquina vs Homem)
"O ser humano esta tão preocupado em fazer a máquina se parecer com ele, que não percebe o quanto se assemelha a ela".

33 comentários:

  1. Olá Bia

    Eu gostaria de saber trançar estas fibras. Acho um trabalho maravilhoso, além de acreditar ser uma terapia. Estava com saudades suas e vim fazer uma visitinha.

    QUER GANHAR UMA JOIA? A designer Eliana Colognese criou um belíssimo anel e gostaríamos muito de contar com a sua participação.

    Bjooooooooooo...................
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Uma cultura tão rica como a indigena nao pode se perder desta maneira...

    Bom sabado!!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    OLha eu adoro essas cores bem suaves e delicadas e amo o fitilho, e arrasou no que escreveu sobre o artesanato!
    depois vai lá no meu blog e me diz o que achou do meu, vou adorar ter sua opinião por lá!

    Bju; Nini

    http://ninifazendoarte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Bia querida, adorei o texto, adorei a cor, adorei o anel, bjinhos, bom findi!

    ResponderExcluir
  5. Que post maravilhoso Bia! Por várias coisas:

    - Suas mãos tão delicadas e dedicadas às artes e a preservação da nossa cultura;
    - A dedicação ao trabalho manual, com esses trançados em cestas e outras coisas tão lindos;
    - Ao destaque para as nossas belezas naturais, que estamos destruíndo, infelizmente;
    - Á lembrança da nossa verdadeira origem, o povo indígena!

    AMEI!

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Só pinto com esmalte roxo, Bia.

    ResponderExcluir
  7. Lindas unhas!
    Claro que a mestre do artesanato não poderia ficar de fora!!
    Tô esperando vc lá no sorteio!!
    BOA SORTE!
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. É verdade amiga! Não podemos perder esses maravilhosos saberes tradicionais. Precisamos dessas criações para que possamos cuidar melhor da nossa natureza. Temos que valorizar, incentivar os saberes culturais, seja na arte, na música, na dança, etc.
    ...são nas formas mais singelas que existe os verdadeiros tesouros.

    Tenha um excelente final de semana* Muita luz em seu caminho***Tudo de bom***

    Um forte abraço
    Lu

    ResponderExcluir
  9. olá...cheguei aqui pela coletiva de esmaltes da fernanda reali...parabens pelo blog e pela postagem! Tambem estou na coletiva:
    http://anacristinaesmaltes.blogspot.com/2011/07/vermelho-ivete.html
    bom final de semana
    bjo bjo

    ResponderExcluir
  10. É verdade, Bia... eu mesma sempre acho que não levo jeito pra fazer as coisas com as mãos, artesanato 'não é comigo'. Mas eu ADORO pintar! Quero investir um pouquinhos em material, mesmo que não seja pra vender, é algo que realmente me acalma! ADORO!
    E eu posso dizer que seus trabalhos são mesmo lindos!!! Tô esperando a boa vontade do marido pra pendurar o primeiro quadro da minha casa, que foi pintado por vc, né?
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi... muito delicada a cor q vc usou, gostei...e do anel então LINDO!! Bjus

    ResponderExcluir
  12. Olá Bia, adorei sua postagem que muito além de valorizar sua arte que tem em abundância nos remete à conscientização de seus valores... Me fez lembrar de uma frase em Fragmentos, que ouso deixar aqui, espero que não se importe!

    (Máquina vs Homem)
    "O ser humano esta tão preocupado em fazer a máquina se parecer com ele, que não percebe o quanto se assemelha a ela"

    Beijos Bia, um ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  13. É uma pena que está se acabando... Mas não vai acabar. Tudo que é bom resiste ao tempo! Se Deus quiser e ele abençoa sempre!

    Beijos!!!
    Pena não poder usar esmalte comum... tenho alergia.

    ResponderExcluir
  14. Ficou lindo o esmalte, adoro cores clarinhas assim!
    Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  15. Esse trançado é uma linda e sábia arte que não veio dos bancos escolares e sim da tradição de pessoas simples, mas iluminadas. Minha bisavó trançava com palhas os acenrtos das cadeiras e como elas eram bonitas! Tenho lindas recordações, até dos jacás que ficavam nos paióis para o milho e outros usos. Lindo e significativo findi! Bjbjbj!

    ResponderExcluir
  16. Lindo Bia, quanto mais conhecimento adquiro, mais valorizo a arte manual e rezo para que todo esse conhecimento não se perca, pois temos muitas gerações por vir.
    Tento fazer minha parte de conscientização através do meu trabalho, assim como você minha amiga, que está de parabéns pelo lindo trabalho que executa, e que não me canso de salientar.
    Que Deus abençoe sua lindas e talentosas mãos.

    ResponderExcluir
  17. Participei da blogagem coletiva pela primeira vez e estou indo conhecer a galerinha. :):):)

    O esmalte ficou uma graça, um clarinho diferente, né? Também adorei seu anel, um luxo! :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Bia,

    adorei teu post TODO!
    Amei a cor, amei a foto, amei as unhas, Mas me apaixonei pelo texto. Eu acho até que está havendo uma revalorização do feito a mão, dos pequenos detalhes. Acho q o mundo sentiu falta disso.
    Um beijo, um ótimo fim de semana mulher sábia!

    ResponderExcluir
  19. Que lindo !
    Tenho o Fitilho da Impala também e adorei usar ele !

    um beijão, flor !

    ResponderExcluir
  20. Eu acho que as pessoas deviam voltar a serem simples. Toda essa necessidade de sofisticação devasta cada vez mais e mais nossos recursos naturais. não estamos sendo muito sábios, vamos perdendo a cada dia nosso espaço, é como a propaganda da wwf onde a casa do homem diminui no mesmo passo que a do urso polar. Devia-se resgatar esse saber das mãos mesmo, pelo menos fabricando produtos mais simples não afetamos tanto a natureza poluindo o ar e os rios.

    ResponderExcluir
  21. Oi Bia
    Não conhecia estes esmaltes da Colorama
    Alías da Colorama tenho pouquissimos esmaltes
    Gostei do seu trabalho e está de parabens!
    Tambem estou partiipando da blogagem se quiser dá uma passadinha pra conecer meu cantinho vai lá!
    Bjs
    Leka

    ResponderExcluir
  22. Que lindo,Bia! Já em casa,tentando me organizar aos poucos, beijos,chica

    ResponderExcluir
  23. Coisa boa é ter uns dias de folga, curtindo a natureza e a família, não é? As fotos retratam bem a felicidade de vcs.
    Tbm participei, pela 2ª vez apenas, da postagem coletiva da Fernanda Reali. Meu artesanato foi um ferro reciclado, vc viu no meu blog?
    Estive ausente uns dias e ainda nem olhei os recadinhos que tenho por lá, só tive esse tempinho p postar.
    Felicidades p vc e sua família.
    Nena.
    www.coracaodanena.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Sempre gostei muito de artesanato e em Minas temos bastante! Mas aqui onde moro é muito esquisito! A arte local praticamente não existe! Temos artistas plásticos, porém sentem-se elitizados e não produzem artesanato. O que encontramos nas lojas são peças vindas da África, muito caras para o poder aquisitivo da população local, sendo adquirida por "turistas". Daí fica mais esquisito, pois turista deveria comprar a arte local.
    Estou lendo “Índios na Visão dos Índios: Potiguaras”, um livro que ganhei por ocasião dos festejos do dia do índio. Degustando devagarinho, porque tem muita informação e histórias de vida, fotografias tiradas pelos próprios índios, opiniões... um livro de grande valor histórico e cultural que veio como mais uma tentativa de fortalecer as relações de respeito e beneficio mútuo com toda a sociedade brasileira.
    Bia, agora fiquei curiosa! Como será que antigamente as mulheres pintavam as unhas. Sabemos a história da maquiagem, mas dos esmaltes nunca ouvi falar!
    Bom fim de semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  25. Lino seu trabalho. suas unhas ficaram muito meigas! :)))

    Beijocas! ♥

    ResponderExcluir
  26. Oi, obrigada pela visita... apesar de andar meio escandalosa nas cores dos esmaltes adorei sua cor.. parabens pelo blog.. bjusOi, obrigada pela visita... apesar de andar meio escandalosa nas cores dos esmaltes adorei sua cor.. parabens pelo blog.. bjus

    ResponderExcluir
  27. Oi Bia,

    Ficou tão linda sua imagem, suas unhas combinando perfeitamente com seu artesanato.

    Realmente, é uma pena que a modernidade esteja enraizando e fazendo com que tradições sejam esquecidas, abandonadas e desvalorizadas.

    Beijosss

    ResponderExcluir
  28. Bia,
    A cor que vc colocou é bem parecida com a que eu pintei. Ah, e vc falando de buriti...hummmm...ADORO doce de buriti! Bom demais!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  29. Bia
    Adorei as unhas. Adoro cores naturais. Raramente uso cor mais forte.
    Adorei saber um pouco mais sobre o artesanato e não quero esquecer de dizer que amei o anel. È feito de quê?
    Muito bem ditas e sábias a s palavras de seu amigo "(H²K) 久保 - Hamilton H. Kubo"

    Beijos e um lindo dia!!!

    ResponderExcluir
  30. Oi Bellas!

    É Irene tô devendo desde ontem sobre este anel... É fruto de uma palmeira, coco de urucuri, este aqui está torneado e lapidado. O coco de urucuri é um pouco menor que o coco babaçu.

    Beijossssssss e grata a todos pelos comentários!

    ResponderExcluir
  31. Bia, adoro essas trancinhas de cesto! Aqui no nordeste é muito comum! Sem contar que os seus trabalhos são um ARRASO, neh? =*

    ResponderExcluir
  32. Adorei suas unhas. O anel é um arraso. E vamos combinar que eu também fico muito triste ao ver saberes se perdendo, pois as pessoas deixam de fazer para comprar o industrializado ou por achar que dá muito trabalho.

    Eu estou fazendo minha parte, consumo coisas artesanais, faço artesanado e tento fazer minha filha aprender e valorizar também.

    Acredito num futuro próximo onde o artesanato será muuuuito valorizado.

    Abraços

    ResponderExcluir
  33. OLá Bia., que lindo é esse trabalho de trançar coisas....

    acho demais.,

    participei hj tb da blogagem coletiva.,
    seguindo ak..

    espero sua visitinha qdo tiver um tempinho..

    http://mamiskefez.blogspot.com/2011/07/blogagem-coletiva-esmalte-e-artesanato.html

    ResponderExcluir

Amo a participação de vocês! Através dos comentários, troca de experiências, informações, alertas, "puxadas de orelhas". Tudo é uma eterna aprendizagem... Grata.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template customizado por Meri Pellens.Tecnologia do Blogger.
Voltar ao topo