25 de maio de 2011

NOTA DE MORTE ANUNCIADA


Hoje sem imagem, só imagem de um relato de uma dor, uma ferida aberta neste país... Não são celebridades, são pessoas querendo viver com dignidade. Lamento e choro com o meu povo...

Repasso aqui um e-mail recebido pelo meu amigo Flávio Moreira, como um protesto de dor e indignação!

NOTA DE MORTE ANUNCIADA

A história se repete!

Novamente, choramos e revoltamo-nos:

Direitos Humanos e Justiça são para quem neste país?

Hoje, 24 de maio de 2011, foram assassinados nossos companheiros, José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo da Silva, assentados no Projeto Agroextrativista Praialta-Piranheira, em Nova Ipixuna – PA. Os dois foram emboscados no meio da estrada por pistoleiros, executados com tiros na cabeça, tendo Zé Claúdio a orelha decepada e levada pelos seus assassinos provavelmente como prova do “serviço realizado”.

Camponeses e líderes dos assentados do Projeto Agroextratista, Zé Cláudio e Maria do Espírito Santo (estudante do Curso de Pedagogia do Campo UFPA/FETAGRI/PRONERA), foram o exemplo daquilo que defendiam como projeto coletivo de vida digna e integrada à biodiversidade presente na floresta. Integrantes do Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), ONG fundada por Chico Mendes, os dois viviam e produziam de forma sustentável no lote de aproximadamente 20 hectares, onde 80% era de floresta preservada. Com a floresta se relacionavam e sobreviviam do extrativismo de óleos, castanhas e frutos de plantas nativas, como cupuaçu e açaí. No projeto de assentamento vive aproximadamente 500 famílias.

A denúncia das ameaças de morte de que eram alvo há anos alcançaram o Estado Brasileiro e a sociedade internacional. Elas apontavam seus algozes: madeireiros e carvoeiros, predadores da natureza na Amazônia. Nem por isso, houve proteção de suas vidas e da floresta, razão das lutas de José Cláudio e Maria contra a ação criminosa de exploradores capitalistas na reserva agroextrativista.

Tamanha nossa tristeza! Desmedida nossa revolta! A história se repete! Novamente camponeses que defendem a vida e a construção de uma sociedade mais humana e digna são assassinados covardemente a mando daqueles a quem só importa o lucro: MADEREIROS e FAZENDEIROS QUE DEVASTAM A AMAZÔNIA.

ATÉ QUANDO?

Não bastasse a ameaça ser um martírio a torturar aos poucos mentes e corações revolucionários, ainda temos de presenciar sua concretude brutal?

Não bastasse tanto sangue escorrendo pelas mãos de todos que não se incomodam com a situação que vivemos, ainda precisamos ouvir as autoridades tratando como se o aqui fosse distante?

Não bastasse que nossos homens e mulheres de fibra fossem vistos com restrição, ainda continuaremos abrindo nossas portas para que os corruptos sejam nossos lideres?

Não bastasse tanta dificuldade de fazer acontecer outro projeto de sociedade, ainda assim temos que conviver com a desconfiança de que ele não existe?

Não bastasse que a natureza fosse transformada em recurso, a vida tinha também que ser reduzida a um valor tão ínfimo?

Não bastasse a morte orbitar nosso cotidiano como uma banalidade, ainda temos que conviver com a barbárie?

Mediante a recorrente impunidade nos casos de assassinatos das lideranças camponesas e a não investigação e punição dos crimes praticados pelos grupos econômicos que devastam a Amazônia, RESPONSABILIZAMOS O ESTADO BRASILEIRO – Presidência da República, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente, Polícia Federal, Ministério Público Federal – E COBRAMOS JUSTIÇA!

ESTAMOS EM VÍGILIA!!!

“Aos nossos mortos nenhum minuto de silêncio. Mas toda uma vida de lutas.”

Marabá-PA, 24 de Maio de 2011.

Universidade Federal do Pará/ Coordenação do Campus de Marabá; Curso de Pedagogia do Campo UFPA/FETAGRI/PRONERA; Curso de Licenciatura Plena em Educação do Campo;

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST/ Pará;

Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura – FETAGRI/Sudeste do Pará;

Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar – FETRAF/ Pará;

Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB;

Comissão Pastoral da Terra – CPT Marabá;

Via Campesina – Pará;

Fórum Regional de Educação do Campo do Sul e Sudeste do Pará.





20 comentários:

  1. Olá Bia

    Brasil o país da impunidade. Só existe uma coisa que atrapalha e atrasa nosso país, os políticos e a própria política.
    Pagamos impostos para beneficiar políticos e o povo não tem nada, nem segurança nem saúde, mas os políticos tem fartas verbas.
    Este crime ficará impune pois atrás desses madeireiros e carvoeiros existem políticos que os protege em troca de dinheiro.
    Esse é o Brasil. Por estas coisas que eu estou pensando seriamente em morar em outro país.

    Bjooooooooooooo..............

    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, lamentável demais, eu acho super importante um post desses que denuncia o que estamos "careca" de saber, mas que ainda não está assim tão perto como de vc, então vc tem que gritar mesmo, isso é muito injusto. Onde começa? na cultura? na miserabilidade? Porque se criou um monstro manipulador, um coronelismo absurdo e quando vai se reverter isso tudo? A politica é o problema mas quem elege os politicos, não são esses mais atingidos? E quem os quer defender, acaba por ser martir, doloroso esse nosso quadro, que país gigante e poderoso nas mãos de meia dúzia que tiraniza, cadê o nosso tamanho? se pulveriza na miséria e ignorância, facilmente dominados? beijoooos, fiquei super triste com tudo isso.

    ResponderExcluir
  3. Até quando mesmo!!!

    Até quando se souber da IMPUNIDADE !!!

    Triste isso,Pena!!!

    beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Bia, enquanto o egoísmo imperar entre os homens essas barbaridades sempre irão ocorrer, infelizmente. Rezo muito para que o amor e respeito vençam em nossa pátria e no mundo. Para Deus nada é impossível, não é? O sangue dos mártires gritam diante do trono de Deus.

    Beijo e muita paz.

    ResponderExcluir
  5. Como europeu e sem pedantismo, acho incrível essa história...

    Pensei que já tinha acabado com esse tipo de acção.

    De condenar e castigar!

    Mundo estúpido...

    Apraz-me ver que há quem continuo a lutar. Apesar de tudo:)

    ResponderExcluir
  6. Muito triste :(
    Não consigo comentar com minha conta do google :(
    Beijos!blog: Jana e seus acessórios)

    ResponderExcluir
  7. É Bia, quando pessoas de bem querem fazer algo BOM, veja só o que acontece.
    Enquanto nossa justiça for INJUSTIÇA, nada mudará, infelizmente.
    E que Deus acolha esse casal que se foi de uma forma tão brutal.
    Beijoka Ju

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente, nosso Brasil, está fora de conexão com seus brasileiros, são tanatas bárbaries acontecendo, tudo tratado como natural e normal..Devemos juntar as mãos e dar um grito para tamanha desordem neste país, a corrupção , o poder de tantos politícos que nada fazem, só querem para si.
    Silêncio para estes que estavam lutando por um mundo melhor e grito para esse bando de interesseiros.
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia querida, que absurdo isso, temo que aos poucos as pessoas percam as forças por lutar pela justiça, pois o poder é ganancioso e vence todas as barreiras, nos deixa sem ação....
    Estive meio ausente da net por causa do trabalho, mas estou aqui.......e vim te avisar que estou com novo sorteio de joias lá no Blog...Te espero.....bjossssss

    ResponderExcluir
  10. Bia, respondendo sua pergunta sobre o que divulgam num desfile, as vezes a marca leva o próprio nome do criador e se não leva, eles divulgam sim o nome do designer responsável pela criação, inspiração....tudinho.....
    Os grandes eventos de moda costuman elaborar um material explicatvo sobre cada marca que desfilará, para que os jornalistas presentes possam entender e divulgar depois tudo o que foi proposto nas passarelas.....
    è isso linda???
    Bjocas

    ResponderExcluir
  11. Triste, amiga, muito triste.
    Ate quando vamos conviver com a impunidade?

    Fique em paz, e vamos ter fé!

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Bia


    Vim lhe desejar uma ótima noite.


    Bjoooooooo...........

    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Impunidade faz parte da nossa história!!!!
    Vou falar viu...
    Beijo
    Helena

    ResponderExcluir

Amo a participação de vocês! Através dos comentários, troca de experiências, informações, alertas, "puxadas de orelhas". Tudo é uma eterna aprendizagem... Grata.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template customizado por Meri Pellens.Tecnologia do Blogger.
Voltar ao topo