8 de março de 2011

Blogagem Coletiva - Amazônia e Seus Povos


O que é Amazônia? Tem um conceito de Aziz, um pesquisador, escritor, apaixonado pela Amâzonia que diz "Trata-se [a Amazônia] de um grandioso anfiteatro de terras baixas, encerrado entre o arco interior das terras subandinas , o Planalto das Guianas e o Planalto Brasileiro." - Aziz Nacib Ab'Sáber ".


Seus povos: A foto diz um pouco da nossa realidade, filho de europeu com nativa nortista, isto retrata muito a mistura dos povos que além dos indígenas habitam a região da Amazônia.


Belém - PA, conhecida como a capital da Amazônia, ou entrada da Amazônia. Tive contato com a selva Amazônica na década de 70 (adolescente), abertura da famosa transamazônica, para variar meu melhor amigo era um índio que o tinha salvo de um apedrejamento dentro do acampamento do D.N.E.R (antiga estatal de Estrada e Rodagens onde meu pai trabalhava) pelos filhos de funcionários, esta era a leitura local na época, o índio a margem, na periferia, não vejo muitas mudanças desde então, e perspectiva de futuro ainda fica a desejar...

Cenas do extrativismo: pesca, frutos, sementes, etc.

Ao fundo da foto ilhas de mangues que alimentam gerações de ribeirinhos, misto de água de mar, misturada com água de rio.

Porto antigo e novo, do Vêr-O-Peso, onde os ribeirinhos aportam para vender os produtos das ilhas (são várias), como o açaí, peixe, palmito do açaí, cupuaçu, ervas etc. Ao fundo casas históricas construidas por portugueses há mais de 3 séculos...

Registro de uma maré de lançante no porto do Vêr-O-Peso.

A nativa cabocla, aqui parva! Admirando o forte do Presépio , construído na fundação de Belém.


A Feira do Ver-O-Pêso, pode-se se dizer sem exagerar uma síntese da Amazônia e seus povos, é um mix de brasileiros surpreendente! Tem a famosa barraqueira Carioca (tacacá e maniçoba com década de tradição e gostosura!), o vendedor e atravessador de camarão maranhase, o ribeirinho vendendo frutas nativas, o mateiro, as raizeira vendendo ervas, óleos, patuás até animais silvestres (apesar de proibido), artesanato, comida etc.

Pirarucu salgado (chamado de Piroska no Tocantins), conhecido como o bacalhau brasileiro, em alguns rios já está proibida a pesca e na lista dos que corre risco de extinção, hoje o preço gira em torno de R$ 25,00 a R$ 30,00, o kilo.

Mas afinal quem são esses povos que vivem na Amazônia?

"O Brasil passou a exportar toneladas de borracha, principalmente para as fábricas de automóveis norte-americanas. As principais regiões produtoras de borracha eram os estados do Pará e Amazonas, utilizando a extração do látex das seringueiras, que havia em abundância na região da floresta amazônica.

Esta rápida expansão da produção de borracha atraiu grande quantidade de trabalhadores para a região, principalmente, nordestinos que fugiam da seca nordestina e estavam em busca de emprego e melhores condições de vida.
Na primeira década do século XX, o Brasil tornou-se o maior produtor e exportador mundial de borracha. Em 1910, por exemplo, chegou a exportar, aproximadamente, 40 mil toneladas do produto.
Este crescimento econômico da região amazônica foi acompanhado de significativo desenvolvimento urbano. Muitas cidades surgiram e outras se desenvolveram como, por exemplo, Manaus.. O comércio interno aumentou significativamente e a renda dos habitantes melhorou. Esta euforia contribuiu para a construção de casas, prédios públicos, estradas, teatros e escolas".
(Fonte: www.suapesquisa.com)

Passado 0 ciclo da borracha, muitos "soldados da borracha" como ficaram conhecidos esses desbravadores, ficaram sem trabalho, o Brasil já não era mais o grande exportador, as sementes de seringueiras levadas (legalmente) pelo Sr.John Henry Wickham, para as plantações no Ceilão, competiam em preço e quantidade, muitos permaneceram na floresta, procurando outras opções de extrativismo, ou ficaram nas cidades da região. Na época da ditadura no Brasil (décadas de 60 e 70) o governo militar incentivou o "desenvolvimento da Amazônia" estimulando doações de terra, havendo como uma das condicionantes a obrigatoriedade de desmatar parte delas (para a agro-cultura), este ato estimulou a vinda de novos desbravadores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Tudo isto sem citar as várias etnias indígenas que viviam na Amazônia

"Três milhões parece um cálculo aceitável para o total de índios que viviam na Amazônia pré-colombiana. Na atualidade, os grupos sobreviventes mostram uma tendência ao aumento populacional. Estima-se que hoje 160 mil ameríndios habitem a região amazônica, 60% dos 270 mil indígenas recenseados no País. Contam-se 206 sociedades indígenas no Brasil, 162 delas na Amazônia". Fonte: (www.istoéamazônia.com.br).

Descrever aqui sobre o meu povo, é uma forma generalista de auto conhecimento, não sou especialista, mas vivo essa realidade, que cada vez mais fica complexa em função da riqueza natural, da biodiversidade, e dos interesses econômicos "atropelando", "enterrando" a história e a cultura de um povo que tem sede do básico para sobreviver: Saúde, educação e saneamento, respeito e dignidade para criar uma nova geração mais consciente e sensibilizada da importância dos povos da Amazônia para o Brasil e para o mundo.





23 comentários:

  1. Querida Bia,
    Primeiro que tudo PARABÉNS, pelo texto e pelo ano de blogue que comemora amanhã.
    Seu blogue é, para mim, uma comemoração diária, da natureza e da bio-diversidade, concretizada não só nas suas bio-jóias, como nos trabalhos, pessoas e locais que divulga, mas também naquilo que passa nas entrelinhas, e que eu muito aprecio...a sua filosofia de vida.
    Sei da Amazónia apenas o suficiente para perceber que no seu coração habita um povo e uma natureza, ambos seriamente ameaçados. Belo Monte é um exemplo disso mesmo.
    Palavras e luta, podem não ser condição suficiente para travar uma politica que já provocou danos irreparáveis, mas são certamente condição necessária e urgente.

    MIL BEIJOS E TERNURASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  2. Coisa boa e tão diferente do restante do Brasil e do mundo é a região Norte. Nasci em Roraima, quando criança vivi em Marabá (passamos por uma enchente), de barco passei pelos maiores rios da Amazônia e seus afluentes, tive hepatite e ainda menina saí daí para ir viver na região Centro-Oeste. Alimento o sonho de levar o maridão para conhecer a região e eu re-conhecer. Os povos indígenas, os ribeirinhos, caboclos, seringueiros são a essência da terra brazilis. Amo, amo, amo...aromas e sabores que só essa terra tem. Eu amo ser brasileira. Beijocas!

    ResponderExcluir
  3. como eu queria (e um dia vou) conhecer a Região Norte do Brasil. mas quero conhecer de ponta a ponta, tem MUITA coisa interessante, bonita, diferente.
    Maniçoba... q delícia, adoro. comi esses dias (pois é, aqui tb a gente faz maniçoba hahaha)e tacacá tb, q delícia.

    muito lindo esse post, gostei muito!
    parabéns pelo novo ano do blog, Bia!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia* Minha linda amiga*

    MARAVILHA!!!!Amei tudo***Excelente post.
    Gosto muito desse autor - Azis Ab'Sáber.
    Minha irmã já foi em Belém. Ela gostou MUITO. Gostou do mercado Vêr-O-Peso.
    Eu gosto muito de Pirarucu!
    Amiga! Quero te agradecer por essa postagem coletiva. Amei participar* Quero desejar muito sucesso pra vc* FELICIDADES* Continue assim...com belas postagens...rica de informação...criativas com lindas fotos....É um prazer sempre visitar seu blog. Gosto de verdade! E MUITO obrigada, pela sua amizade!

    Feliz dia da Mulher! Que seus sonhos se tornem realidade* TUDO DE BOM* Deus te abençoe poderosamente!

    Abraços com carinho,
    Lu*

    _________@@@@@@@@__________@@@@
    ________@@@________@@_____@@@@@@@
    ________@@___________@@__@@@______@@
    ________@@____________@@@__________@@
    __________@@________________________@@
    ____@@@@@@______@@@@@___________@@
    __@@@@@@@@@__@@@@@@@_________@@
    __@@____________@@@@@@@@_______@@
    _@@____________@@@@@@@@@_____@@
    _@@____________@@@@@@@@___@@@
    _@@@___________@@@@@@@______@@
    __@@@@__________@@@@@________@@
    ____@@@@@@_______________________@@
    _________@@________________________@@
    _____ __@@___________@@__________@@
    ________@@@________@@@@@@@@@
    __________@@@_____@@@_@@@@@
    ___________@@@@@@@
    ___________@@@@@_@
    ____________________@
    ____________________@
    _____________________@
    _____________________@
    ______________________@____@@@
    _______________@@@@__@__@____@@
    _______________@_______@@@____@@
    _______________@@@@____@__@@
    ________________________@
    _______________________@

    ResponderExcluir
  5. Bia, olha ai a Lu, essa menina é um amor.

    Inclui parte do seu comentário no post de hoje. o que vc falou é mto importante, mta gente não tem sequer conhecimento de que isso existe, tamanho preconceito.

    bjs e muito obrigado por comandar essa blogagem espetacular

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo niver desse blog tão legal e pela aula que deu pra ter por aqui, lindas imagens e post! beijos,tudo de bom e parabéns também pelo nosso dia!chica

    ResponderExcluir
  7. .

    .

    . no dia internacional da Mulher .

    .

    . deixo flores .

    .

    . muitas flores .

    .

    . todas as flores .

    .

    .

    . e um terno e e.terno bem.haja .

    .

    . paulo .

    .

    .

    ResponderExcluir
  8. Bia, que lindo!
    O que eu mais gosto no teu blog é que ele me desperta o desejo de conhecer ainda mais e pessoalmente cada cantinhio que vc mostra. E vc sim, é mais que especialista , vive e busca o melhor para essa realidade, enxerga os problemas sem drama e as soluções sem armas...
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Olá Bia

    Vc sempre nos brindando com estes posts fantásticos. Adorei ler e saber.

    Feliz dia da Mulher!

    Amanhã é dia de ESPAÇO DAS ARTES, vc não pode perder...

    Bjooooooooooo...........

    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ai Bia, que vontade de voltar a Belém, de sentir aquele calor, que é tão proprio dessa cidade, que vontade de comer esse peixe delicioso(não existe igual), se sentir no cabelo o vento que precede a chuva da tarde... ouvir e ver correr o Rio e da uma de Fernando Pessoa e aprender com o rio que "a vida passa e não fica, nada deixa e nunca regressa" Ai, que lugar lindo!!!

    Ah, minha postagem táh quase pronta!!! Beijos, Jaci!

    ResponderExcluir
  11. BIA,PARABÉNS,PELO TEXTO E MAIS AINDA PELO TEMA.
    PENA QUE A DIMENSÃO DO SEU ESPAÇO NÃO SEJA COMPATÍVEL COM A DO PROBLEMA,MAS A QUEM INTERESSAR POSSA RECOMENDO LEREM,A OBRA "AMAZÔNIA/CARAJÁS-NA TRILHA DO SAQUE" DE MARCOS kOWARICK,QUE EU CONSIDERO UMA VERSÃO TUPINIQUIM(NO SENTIDO ENALTECEDOR) DA OBRA "AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA" DE EDUARDO GALEANO,PROVAVELMENTE SÓ IRÁ ENCONTRAR EM "SEBOS" OU "ESTANTES VIRTUAIS",MAS VALE A PENA PROCURAR,NINGUÉM QUE SE INTERESSE PELO ASSUNTO IRÁ SE ARREPENDER.
    CONTINUE,VOCÊ ESTÁ NO CAMINHO CERTO.

    ResponderExcluir
  12. Olá, querida Bia
    Pena não ter ficado sabendo da sua Festa pois teria participado, certamente!!!
    Passo pra desejar-lhe muitos anos de Blog e o seu é muito rico... morei lá pertinho (RO) e pude copreender a realidade do Norte do Brasil... muito bem!!!
    Estou oferecendo um Retiro Espiritual em meu Blog... é tempo de reflexão!!!
    Seja muito abençoada e feliz!!!
    Bjs de confete e serpentina de paz

    ResponderExcluir
  13. Bia, parabéns pelo aniversário do blog! Não sabia dessa blogagem! Mas que legal, adorei vir aqui e na Loli e poder ver duas impressões sobre um Brasil que não conheço. Só fui até o Nordeste, mas tenho paixão pela Amazônia, desde pequena. Tive umas vizinhas de Belém, quando criança, que me apresentaram às delícias culinárias da Amazônia. É incrível como nosso país é rico em diversidade, em beleza e nossos governantes não estão nem aí pra isso. Salve a Amazônia e os povos da floresta! Beijos, Bia querida, mais uma vez, parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Oi Bia,
    Parabéns pelo aniversário do blog, afinal esta blogagem coletiva se deu devido a esta data tão importante!
    Adorei o post e gostei muito do post que o Alexandre fez em sua homenagem com o mesmo tema.
    Bjkas e um Carnaval maravilhoso para vc.
    Feliz Dia Internacional da Mulher!

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  15. Adorei a postagem.
    De uma passadinha no meu blog, tem vc por lá.
    Bjo

    ResponderExcluir
  16. Oi Bia!!
    Criei um selinho especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher!!! E adivinha?? Você merece muitoo ganhar!!
    Passa lá... http://solvidaetudomais.blogspot.com/2011/03/para-um-dia-especial-um-presente.html

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  17. Adorei, já comentei no Mauj tb.
    Lindas as fotos. E importante tema pra discurtimos.
    Um povo mesmo que tem sede e fome do básico, que está excluído das políticas públicas, que é carente de tudo e ainda mais de atenção. Foram atropelados pela história do Brasil e fadados ao esquecimento ou às figuras ilustrativas que aparecem nos livro didáticos apenas na página referente ao Descobrimento ou na Comemoração do seu dia!!
    Triste realidade e vergonhosa situação!

    ResponderExcluir
  18. Oi Bia amiga querida

    Parabéns pelo maravilhoso post que comemora o "niver" do seu blog. Pena que não fiquei sabendo com antecedência. Estou desde cedo parabenizando você em outros blogs e só agora cheguei aqui. rsrs
    Que todos os dias sejam Dia de mulheres guerreiras como você e estas que conhece, guerreiras, cheias de garra, amor, força e esperança de uma vida melhor.
    PARABÉNS!!!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  19. Querida Bia!

    Antes mais nada Parabéns para nós pelo dia da Mulher que é todo dia e hoje foi muito especial para mim. Primeiro pela visita de meu filho que me fez tardar em estar aqui e segundo pelo prazer de compartilhar este momento com você e seu cantinho qeu tem uma linda história de amor, de arte e de vida.

    Olá amiga quanta riqueza, beleza e um grande amor contido em cada imagem, em cada palavra que aqui colocastes.Lugar abençoado e com tanta beleza, fartura e muita gente bonita, guerreira e cheia de talento e cultura para nos mostrar e ensinar.

    Aqui estou apesar de tarde, mas não faltaria jamais em sua Blogagem Coletiva.

    Como digo tardo, mas não falho!

    Espero você lá na M@myrene

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Bia,não pude comentar no dia do seu niver,mas postei uma simples participação te felicitando e adorei seu texto,muito informativo e as lindas imagens!Parabéns,Bia!Desejo muitos anos de blog!Bjs,

    ResponderExcluir
  21. Bia, me perdoe por não ter vindo a tempo, queria muito ter participado, porque a Amazônia é um local que respeito muito e admiro, não só o local como o povo. Assim como admiro você, e seu trabalho lindo, tirando da terra as sementes e colocando nelas sua magia de artista, fazendo tudo virar jóias.
    Me perdoe de verdade.

    beijos e carinhos, parabéns pelo blog e também pra você.

    ResponderExcluir

Amo a participação de vocês! Através dos comentários, troca de experiências, informações, alertas, "puxadas de orelhas". Tudo é uma eterna aprendizagem... Grata.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template customizado por Meri Pellens.Tecnologia do Blogger.
Voltar ao topo