31 de maio de 2010

Semana do Meio Ambiente

Li um artigo escrito por Noel Amaral Sineddi (jornalista e pesquisador espiríta) e achei pertinente transcreve-lo aqui, domingo passado conversando com amigos desabafei que estou cansada de ouvir o termo "sustentabilidade" como um jargão, e pior, sendo explorado comercialmente e perdendo o seu sentido original, o nosso planeta ainda tenta fechar o seu ciclo sustentável e a resposta ainda é uma incógnita...
O que está valendo é se informar e cada um fazer sua parte e força as institiuções fazerem as delas.

VALE A PENA COMER CARNE?
"Bom. Existem inúmeras razões éticas e de saúde para deixar de comer carne. A questão social, no entanto, é a mais importante delas. É impossível estender a toda humanidade o acesso a esse alimento. O total de carne produzida chega hoje a quase 250 milhões de toneladas. Por volta de 70% vai parar nos pratos dos Estados Unidos, China e Europa. No resto do mundo, metade da população vive abaixo da linha da pobreza e 850 milhões de pessoas passam fome.
A maior parte dos graõs cultivados no mundo, cerca de 465 milhões de toneladas, é utilizada para alimentar e engordar gado. Ou seja, enquanto produzimos soja para alimentar gado, seres humanos passam fome.
Além disso, a produção de gado é bastante improdutiva, pois são necessárias cerca de 17 calorias de proteínas de grão para criar apenas uma caloria de proteína de carne. Seria mais proveitoso alimentar diariamente a humanidade com vegetais. É incrível, mas somente 0,3% das 465 milhões de toneladas de grãos utilizadas para alimentar o gado virasse comida para gente, isto seria suficiente para salvar de desnutrição as 6 milhões crianças menores de 5 anos que morrem desse mal todos os anos no mundo. Continuandoa conta, apenas 2,5% deste total seria suficiente para acabar com a fome no Brasil e 50% deste total seria suficiente para acabar com a fome no mundo.
O Brasil está cada vez mais aumentando seu rebanho e, para tanto, grandes extensões de florestas estão sendo derrubadas numa ação conjunta dos exploradores ilegais de madeira e e grileiros que tomam terras públicas, posteriormente ocupadas pela criação extensiva de gado. Para cada boi, a emissão de gás carbônico provocada pelo desmatamento equivale ao que 160 carros á gasolina emitem em um ano, segundo o economista Carlos Eduardo Young, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Pense isso na próxima vez que for comer um bife." 

Um comentário:

Amo a participação de vocês! Através dos comentários, troca de experiências, informações, alertas, "puxadas de orelhas". Tudo é uma eterna aprendizagem... Grata.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template customizado por Meri Pellens.Tecnologia do Blogger.
Voltar ao topo